fbpx

Como usar e-mail marketing para atrair clientes

e-mail marketing

Como usar e-mail marketing para atrair clientes


O e-mail marketing é uma das ferramentas mais poderosas de captação de novos clientes. De acordo com a consultoria americana McKinsey, ele converte até 3 vezes mais do que as redes sociais. Ao contrário do que muito chegaram a acreditar, o e-mail não morreu depois de todas as evoluções nos meios de comunicação, na verdade ele está cada vez mais forte. Contudo, é preciso saber como utilizá-lo de forma correta para garantir bons resultados.

Sendo assim, vamos listar os principais pontos de atenção que determinam a eficiência de uma campanha de e-mail marketing. Então, aproveite nossas dicas!

Preocupe-se com os dados do remetente

Muito antes de chegarmos ao texto do e-mail marketing, o lead terá contato com diversos elementos que podem definir se ele o abrirá ou não. O primeiro deles é o remetente. Essa é a primeira informação que muitas pessoas observam, principalmente quando acessam por meio de desktop. E boa parte delas deixam de abrir aqueles que têm nomes como “não responda”, “contato” ou o nome de um departamento da empresa, por exemplo.

O ideal nesses casos é que tanto o nome quanto o endereço de quem está enviando seja mais pessoal. As práticas mais utilizadas são:

  • usar o nome de um especialista no assunto que está sendo tratado;
  • usar o nome da pessoa seguido da empresa;
  • usar apenas o nome da empresa.

Defina um assunto atraente

O assunto do e-mail é a informação de maior destaque antes da abertura, principalmente nos acessos via celular. Ele é o principal fator avaliado na decisão de relevância do conteúdo para quem está recebendo. Por isso, ele precisa ser muito bem pensado para conseguir transmitir bem qual é a ideia que será abordada e ainda convencer o leitor de que vale a pena parar por alguns minutos para ler todo o conteúdo.

Dessa forma, é interessante utilizar gatilhos mentais para chamar a atenção do seu leitor. É importante ressaltar que eles devem ser usados com sabedoria e de forma natural. Alguns dos principais são:

  • escassez (última chance, poucas unidades, oportunidade única…);
  • urgência (só hoje, faltam poucas horas…);
  • reciprocidade (oferecendo algo de valor, como dicas, cupom de desconto etc.);
  • prova social (mais de X pessoas já usaram e aprovaram, nova moda entre profissionais Y);
  • relação dor x prazer (como evitar erros, você está perdendo dinheiro).

Segmente a base de leads

Um erro muito comum é fazer o envio de uma campanha de e-mail marketing para toda a base a fim de alcançar a maior quantidade de pessoas possíveis. Acontece, que nem todos os leads se interessam por tudo o que a sua empresa oferece. Ou, ainda, nem todos eles estão na mesma etapa do funil, seja ele de vendas ou de marketing.

Logo, é importante separá-los em grupos conforme o perfil e a demonstração de interesse de cada um. Imagine uma loja de calçados que vende linhas masculina, feminina, infatil e esportiva. São públicos variados com necessidades específicas.

Ao enviar um e-mail com ofertas de sandálias de salto alto para toda a lista, corre-se o risco de que boa parte dos homens se descadastrem. Com isso, se o próximo envio for de sapatênis masculinos, os principais interessados já não estarão mais na lista. Assim, além de aumentar a efetividade da campanha, ainda evita-se a perda de leads que poderiam evoluir na jornada de compra e se tornarem clientes.

Crie um texto personalizado

Os consumidores atuais querem, cada vez mais, se sentirem únicos e especiais. Depois de décadas de automatizações e generalizações, qualquer coisa que pareça mais pessoal ajuda a criar um vínculo maior. O primeiro ponto é usar o nome do lead no início e até algumas vezes ao longo do texto.

Outro artifício interessante é usar elementos que identifiquem o segmento para o qual o e-mail marketing está sendo enviado. No nosso exemplo da loja de calçados, o texto para as sandálias de salto alto podem falar sobre beleza feminina e look para festas, enquanto o texto para o sapatênis masculino pode falar sobre conforto e elegância. Ambos estão falando de calçados, mas cada um aborda o assunto sob um ponto de vista mais relevante para a persona.

Tenha cuidado com a quantidade de imagens

E-mails com imagens demais ficam poluídos e a mensagem acaba se perdendo. Por outro lado, nem todo e-mail precisa ser enviado sem imagem alguma. Então, o ponto aqui é encontrar o equilíbrio perfeito e quem determina isso é o destinatário.

Para saber qual quantidade funciona melhor, teste. Envie duas versões para um pequeno grupo e veja qual deles performa melhor. Com base nisso, escolha o modelo definitivo e faça o envio para toda a segmentação.

Insira apenas um CTA

O CTA é a chamada para a ação, ou seja, ela diz ao leitor o que ele deve fazer. Se o seu e-mail possui muitos CTA’s, o lead terá dificuldades em escolher qual das ações ele deve tomar e acabar não tomando nenhuma delas. O que o seu texto deve fazer é tornar a decisão da pessoa mais fácil.

Para tal, a mensagem que antecede o CTA deve preparar o leitor para o momento da decisão. Ela deve persuadi-lo a fazer algo e aqui também cabe o uso de gatilhos mentais. De forma sutil, leve-o a perceber que seguir o que pede no botão ou link é a melhor decisão que ele pode tomar naquele momento.

Tenha uma estratégia de envios definida

A prática do e-mail marketing é bastante eficaz quando é realizada de forma estratégica. Isso quer dizer que é necessário planejar os envios, os texto e até mesmo as possíveis ofertas que eles divulgarão. O planejamento deve envolver questões como:

  • qual é a persona?
  • Qual é a proposta de valor do e-mail?
  • Será preciso enviar mais de um e-mail?
  • Quais são os critérios de escolha da segmentação?

Além disso, é fundamental fazer a integração de outras ações com o e-mail marketing. Por exemplo, se a sua empresa participa de um evento, ela pode coletar os dados das pessoas e montar uma oferta exclusiva para aquele grupo. Ou após o período de grandes vendas, como o Black Friday, dia dos namorados e natal, manter o contato com os clientes conquistados para conseguir novas vendas.

Muito cuidado com os erros de português

Por último, mas de forma alguma menos importante, é crucial ter uma atenção especial à gramática antes de fazer o envio. Sabemos que muitas pessoas têm dificuldades em escrever corretamente um texto em português, afinal ele é considerado uma das línguas mais difíceis do mundo.

São muitos detalhes de concordâncias, acentuação, uso de vírgulas e dos porquês. Alguns erros são até mesmo compreensíveis. Contudo, pensando como uma empresa que pretende passar uma imagem de qualidade nos produtos e serviços que oferece, esse pode ser um fator diferencial.

Portanto, faça uma revisão com calma no texto, peça para outras pessoas lerem também. Se achar necessário, conte com a ajuda de um revisor profissional. O importante é não enviar um “nóis vai” e esperar que o cliente não perceba.

Enfim, seguindo essas práticas suas campanhas de e-mail marketing terão tudo o que precisam para ser um verdadeiro sucesso. Assim, você conseguirá atrair mais clientes e, ainda, aumentar a quantidade de novas vendas para a sua base já existente. Então não perca tempo e comece agora mesmo a planejar os próximos envios!

Se depois de ler este artigo ainda ficaram dúvidas, entre em contato conosco pelo chat, e-mail ou WhatsApp. Nós podemos ajudar você a criar uma campanha incrível para a sua empresa!